Não é o Tarô que vai lhe abrir portas, mas você perceberá que as portas que lhe são apresentadas pelo Tarô estão disponíveis para que você as adentre...

Muitas pessoas me perguntam qual é a finalidade do Tarô. E eu respondo: nenhuma !

Agora, se você estiver interessado & aberto à novas perspectivas em sua vida, principalmente quanto ao Autoconhecimento, aí sim haverá finalidade no Tarô.

○ Leia mais: Todos temos um pouco de O Louco

Não é o Tarô que vai lhe abrir portas, mas sim você perceberá que as portas que lhe são apresentadas pelo Tarô estão disponíveis para que você as adentre. Basta ter coragem, determinação e foco.

Verdades não absolutas sobre Tarô
Cláudio Carvalho
Verdades não absolutas sobre Tarô


O Tarô lhe dá parâmetros para que você trabalhe determinadas questões em seu interior de difícil acesso, principalmente aqueles problemas emocionais que você carrega há anos ou mesmo décadas.

Numa deitada o Tarô não oferece apenas previsões, mas opções de caminhos muito interessantes para que você percorrer. Apenas cuidado: no final, será sempre a sua escolha que determinará qual o caminho que deverá ser percorrido.

○  Chakras: Rodas de Luz

Tarô NÃO é muleta, tarô NÃO traz uma cura milagrosa para os seus problemas. No entanto, há outra faceta do Tarô, a do Autoconhecimento. A partir daí você partirá para outro nível, outro patamar de densidade do conjunto das 78 cartas; aí sim, você começará então, a entendê-lo. 

Neste nível de Autoconhecimento, o Tarô confere algumas importantes chaves para que você percorra alguns caminhos de forma mais consciente e com sua intuição mais aflorada, e isso será realizado no seu cotidiano. Isso mesmo, cotidiano. As respostas estão vinculadas ao nosso dia-a-dia, e não necessariamente a um futuro nefasto ou paradisíaco.

○  Cristais, óleos essenciais e o sagrado

O Tarô é um veículo que possui em sua Essência os mesmos fundamentos essenciais da vida, uma vez que cada carta representa um ou vários aspectos do nosso Ser. Por isso, o Tarô pode e deve ser estudado como uma ferramenta para autoanálise, auto aperfeiçoamento e porque não uma forma de auto iniciação em mundos interiores que estão guardados ou há muito esquecidos. Esses mundos interiores são apenas partes escondidas que guardam um pouco da Essência de quem somos realmente. No Tarô estão as chaves desses mundos.

Encontre a faceta do Autoconhecimento no Tarô
Cláudio Carvalho
Encontre a faceta do Autoconhecimento no Tarô

Portanto, não se deve ver o Tarô apenas ludicamente, ou de forma advinhatória. E uma boa e simples prática, que não vai tomar mais do que dez minutos do seu tempo, é escolher uma carta que mais lhe atraia, e ao escolher, concentre-se nos seus desenhos, símbolos, cores, escritos (casa tenha) e tente sentir o que todas essas informações lhe dizem interiormente, às vezes, as sensações podem vir através de sua mente, por meio do seu intelecto, mas o mais importante seria receber essas informações pelo coração, pela intuição.É o que costumo dizer para os meus clientes e alunos, muitas vezes, quanto menos conhecimento se tem sobre um assunto, mais chance existe de você não interferir intelectualmente sobre aquela prática, contudo, o paradoxo existe, pois neste caminho do Autoconhecimento, quanto mais você segue adiante, mais conhecimento você adquire, e o complemento da experimentação é o conhecimento teórico, ou livresco e isso é inevitável.

A Roda da Fortuna

Num próximo texto, eu vou passar uma prática com o Tarô para a familiarização com as cartas. Como estamos numa época Aquariana, e Urano a ser o planeta regente, por ser o Senhor das Grandes Revoluções, será uma prática rápida, efetiva para que se sinta mais à vontade com as suas cartas, sim, aquelas que você tem guardadas na gaveta da cômoda ou na parte mais interna do armário já a bastante tempo, talvez por insegurança em experimentá-las com você mesma, ou com amigos para iniciar quem sabe, um caminho que o/a leve não apenas para futuros atendimentos, mas para dentro de você mesmo/a.

Cena do filme As Crônicas de Nárnia: O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa; mostrando o guarda-roupas antigo que dava passagem para um mundo paralelo
Reprodução/Sony
Cena do filme As Crônicas de Nárnia: O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa; mostrando o guarda-roupas antigo que dava passagem para um mundo paralelo


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.