O que as cartas nos revelam?

Eu poderia falar aqui sobre a história das cartas de adivinhação (Fortune Teller ou Cards como é chamada), onde seus primeiros registros datam do início do século XVI, na Alemanha e Itália. No entanto, o que eu quero apenas é dar uma pitadinha nessa rica adivinhação que nos leva aos arcabouços do inconsciente.

Cartomancia: o que nos ensina o Tarô de Thoth?
Cláudio Carvalho
Cartomancia: o que nos ensina o Tarô de Thoth?



○  Leia mais:  A Morte no Tarô de Crowley & Harris e suas possibilidades

○  O que é o Candomblé

Se vocês observarem uma carta Le Normand , por exemplo, você verá uma riqueza de simbolismo , no desenho e escrita, na sutileza nostálgica que habita naquelas cartas e que nos leva a retroagir no tempo... mas que tempo? Não há data marcada na história que conhecemos, mas em nossa "história interior", em nossa busca incessante pelo Impossível. As cartas da Mãe Fortuna, é o retrato de quem você é, ou pode vir-a-ser... o que está acontecendo, que ainda vai acontecer, e o acontecido.

Além das cartas presentes, do ambiente, das velas, das chaves, dos candelabros, das cortinas, da mesa, do cheiro arrebatador de incenso e da mística da bola de cristal num ambiente exuberante cheios de fotos, ícones e por aí vai, certamente nos leva na direção do inconsciente, para alguns até mesmo de um passado muito, mas muito distante. As cartas querem nos R-E-V-E-L-A-R algo (um Apocalipse?) as vezes sim, certas revelações nos balançam tremendamente... elas também querem sussurrar em nossos ouvidos sobre o que virá para nós, silenciosamente... não esqueça, há um mundo invisível ali. Eis as cartas da Fortuna (Fortuna que indica Destino), que é diferente de livre arbítrio.

 Abra sua mão e conheça seus mistérios 

O destino traçado pela Fortuna é sutil e certeiro. Assim, também são as cartas. Vamos respeitar a Cartomancia (Adivinhação pelas Cartas), elas merecem nosso zelo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.