A arte do toque é um dom de berço ou uma técnica que vem com aprendizado e prática?

Massagem, a arte do toque, é antiga, tendo referências e registros oficiais entre os gregos, egípcios, povos nativos, hindus, chineses, japoneses e outras tantas culturas ancestrais.

○ Leia mais:  Kundalini: A Divina Serpente

Existem toques que aliviam a dor da carne, como o Shiatsu e a Quiropraxia, outros a dor da alma e coração como a Tântrica e as Relaxantes; Outros toques são capazes de acessar nossos corpos sutis e promover verdadeiras transformações, sem nem sequer chegar a tocar nosso corpo de forma física, como o Reiki e outras formas de trabalho por imposição de mãos. Existem dezenas de centenas de técnicas e padrões de massagens , distribuídas entre as etnias e com a globalização atual, se tornaram de fácil acesso em todos os cantos da Terra.

Massagem: arte do toque
Reprodução/Internet
Massagem: arte do toque

Eu em particular sempre apreciei a arte do toque, observava em igrejas, hospitais, em programas de televisão, entre outros, a forma como o toque era uma ferramenta quase que sobrenatural e envolta a mistérios e pura energia. Oficialmente, meu primeiro professor foi um deficiente visual de base religiosa espírita, o que tornou meu aprendizado algo prático e extraordinário.

Dr. Rodolfo ensinava com o coração, como sentir o cliente e sua vibração, como penetrar com minhas energias além da parede física do cliente, promover a integração mútua entre as energias e sem usar a visão física; Sem dúvida ele se tornou um valioso Mestre em meu início como Terapeuta Holístico, sendo sempre citado por mim com saudosismo e carinho.

Eu não descarto a técnica e as formações rigorosas, tanto que fiz outros cursos em locais onde a forma de ensino e o sistema eram muito mais rígidos e apoiados em livros e teoria; contudo compreendi que a técnica por si, era fria, vazia de energia como um carro potente, mas sem combustível, porém, também ficou nítido que o combustível sem o carro era inviável.

○  O Desabrochar da Mediunidade

Em São Paulo, conheci pessoas com grande habilidade técnica, mas sem amor pelo que faziam, ou com muito amor e sem predisposição para buscar técnicas, consequentemente afundaram em meio a um oceano de oportunidades, uma vez que atualmente a dor física é consequência dos estragos e desarmonias internas, que só podem ser tratadas pela combinação equilibrada de técnica e dom, energia e profundo amor pelo que se está fazendo ao tocar o outro.

O poder das mãos
Reprodução/Internet
O poder das mãos

Em nosso código instintivo, somos desde a infância programados para a cura pelo toque, bastando analisar um fato:

- Quando uma criança cai e bate uma parte de seu corpo, qual ação ela executa imediatamente?

Sim, por a mão sobre a região e esfregar… ou conter, assim como as mães fazem o mesmo quando próximas de seus filhos.

E quando adultos, se temos dor, porque levamos a mão a região e apertamos, friccionamos??? Por algum motivo, nosso corpo entende a ligação entre tocar e amenizar a dor.

○  O Sol sob uma visão astrológica

Há hoje massagens para bebês, para idosos, para gestantes, para casais, para relaxar apenas, para dores, para a alma, para o corpo, para a beleza...tantas que poderíamos nos perder entre escolhas e técnicas, fora as novas misturas que têm emergido frequentemente.

Mas o que temos que ter em mente, é o fato de toda massagem ter que ser um ato de amor, num gesto de cuidar do outro, independente da modalidade, inclusive se for auto-massagem.

Sem essa energia e intenção, o movimento é vazio e sem pulso, podendo prejudicar mais do que ajudar o cliente, transmitindo a ele toda a indiferença e apatia, cauterizando ou ainda mascarando os problemas que deveriam ser evidenciados e tratados, seja de forma física ou energética e espiritualmente.

No mercado de hoje, estamos com maior frequência sendo rodeados por novos profissionais. Sendo esses, massagistas técnicos apaixonados pelo retorno financeiro apenas e em contrapartida tendo cada vez menos terapeutas espiritualizados e comprometidos com a feliz fusão entre dom e técnica, visando cuidar do ser humano de forma ampla, caracterizando o real conceito Holístico.

Tocamos o céu quando apoiamos nossas mãos no corpo humano" - Novalis


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.